FANDOM


Página 89: O instituto da delegação é diverso da representação e pode ajudar a viabilizar a participação direta dos cidadãos em processos decisórios mesmo em se tratando de corpos políticos deliberadamente com muitos milhares e até mesmo milhões de habitantes.

O delegado é apenas o porta-voz de uma base social. O artifício da delegação é de importância fundamental, e ele e o suo democratizante e democratização das tecnologias de informação e comunicação se complementam mutualmente, um não devendo ser visto como podendo eliminar o outro.

A delegação é compatível com a essência da democracia direta pelas seguintes razões:

1) O delegado, como porta-voz, não decide livremente. Ele recebe instruções para levar atá uma instância decisória superior ("superior" não no sentido de uma pirâmide de poder, mas no sentido de ser mais agregativa e ser atinente a territórios de referências mais vastos) aquilo que foi debatido e decidido, em situação de co-presença, por uma base social - no quarteirão, na favela, no loteamento, no bairro "comum" (da "cidade formal"), no setor geográfico, na vila ou no povoado. O delegado, além disso, precisa prestar contas (e receber novas instruções) constantemente à base. Sua liberdade decisória circunscreve-se a matérias de rotina, não a decisões políticas relevantes.

2)O mandato de um delegado é de curta duração (um ano, por exemplo), embora se possa prever sua renovação (recondução do delegado), com o objetivo, por exemplo, de permitir um maior amadurecimento de cada delegado por força de uma experiência maior de contato com certas questões mais complexas (como muitas das envolvidas no planejamento urbano). Não é imprescindível, porém, que os mandatos sejam longos para permitir esse amadurecimento; para isso, rotinas de trocas de experiência e repasse de informações podem ser exitosamente acionadas. Em algumas situações, o mandato pode ser até mesmo apenas para a consecução de missões específicas e por tempo bastante curto. O que importa é que o mandato é, no essencial, um mandato imperativo: uma autorização para levar a outra instância as deliberações de uma base social, e não para decidir em nome dela.

3) A perda do mandato deve obedecer a critérios sólidos, para que se evite que acusações levianas ou motivadas por questões pessoais possam levar à destituição de um delegado. Entretanto, feito essa ressalva, deve-se sublinhas que o mandato de um delegado deve ser facilmente revogável, diferentemente do mandato de um "representante".

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória